terça-feira, 20 de abril de 2010

E você "repentinamente" vai sentir uma falta absurda disso...


Oi...

Eu li esse texto, e me marcou muito. Isso por ser a mais pura verdade!

Peguei da Gabriela Machareth (Psicóloga e Blogueira) cuja qual AMO os textos.


Prometo que daqui pra frente postarei mais coisas...

beijo grande!!


Ao acordar você vai perceber que eu não liguei mais... E como se tivessem lhe arracado o braço dominante... Repentinamente você vai sentir uma falta absurda disso...

Logo de manhã, ligará o computador e o MSN... Mas estranhará quando eu não estiver online e não receber um chamado meu... E repentinamente você vai sentir uma falta absurda disso...

Poderá até camuflar a minha ausência com justificativas infundadas á meu respeito, secretamente... Mas eu não mais estarei presente, e repentinamente você vai sentir uma falta absurda disso...

Perceberá que, caso voce ligue, eu não vou atender... E quando eu deixar de te atender, repentinamente você vai sentir uma falta absurda disso...

Não deixe de fazer nenhuma refeição, você pode inesperadamente perder o apetite, ou sentir enjôos aleatórios, quando eu sair de sua vida... E repentinamente você vai sentir uma falta absurda disso...

Nós não vamos mais brigar... E repentinamente você vai sentir uma falta absurda, até disso...

Você não vai mais ter que lidar com a ‘minha personalidade forte’... E repentinamente você vai sentir uma falta absurda, inclusive disso...

Evite as estações de rádio que costumavamos ouvir... Aquela música pode tocar... E repentinamente você vai sentir uma falta absurda disso...

Saia com seus amigos e se vanglorie sobre o fato de você nunca ter se apaixonado por ninguém... E repentinamente você vai perceber o quanto isso mudou...

Não fique revendo minhas fotos, cartas, poemas e presentes inúmeras vezes... Porque repentinamente você vai sentir uma falta absurda de mim...

Não fique pensando nos momentos que passamos juntos... porque inevitavelmente você vai querer voltar pra mim...Em vão...

Não foi repentinamente que deixei de gostar de você...

E quanto mais você repetidamente tentar esquecer, mais repentinamente você irá se lembrar...E nesta hora você irá notar que me deixou escapar...

E repentinamente você vai sentir uma falta absurda do amor que um dia eu senti por você...Aproveite este momento... Este é o momento de você entender o que eu senti este tempo todo enquanto estivemos juntos... E repentinamente você vai sofrer tudo o que eu sofri enquanto estava contigo...

À partir de hoje eu realmente vou estar ausente... De corpo e alma... Não será 'apenas impressão sua'... E repentinamente você vai sentir uma falta absurda de quando eu realmente estava ao seu lado...


Fiquem com Deus!
Digam o que acharam...

5 comentários:

Renata disse...

minha linda.... linda texto...
um beijão!
Re
http://canto-chic.blogspot.com/

Tatiane disse...

Puxa, q texto bonito.
Adorei!!!
Visita meu blog também!
Bjs

Tatiane disse...

Linda mensagem
Adorei
Acompanha meu blog também!
Bjs

Gabriela Machareth disse...

Oi Tati... é a gabi do 10em1ma... que bom q vc gostou do texto! legal! o rigada por posta-lo aqui e saber q vc gosta dos meus textos... passa por lá! grande bjo!

Nicole Bernardes disse...

Ai Tati...to aqui chorando no final do texto rs. Muito bom, fiquei emocionada mesmo, afinal lembrei de muitos relacionamentos que acabaram assim :(
Eh a realidade, infelizmente!

bjinhos

Ahhhhhh a meia eu nao lembro que fio que eh, nao tenho mais o pacotinho, mas deve ser 40 sim, nao compro mais fina que isso rs.